Perigos dos Serviços de Localização Geográfica integrados com as Redes Sociais

No meu post passado expressei minha preocupação quanto ao uso das redes sociais para externar os bens materiais. Porém a preocupação vai além disso, na realidade ela aumenta a medida que vejo as pessoas integrando os serviços de localização geográfica (como o Fourquare) com redes sociais (como o Facebook). Muitas vezes as pessoas integram Twitter, com Facebook com Fourquare, como resultado em apenas um click você propaga informações sobre você em três serviços diferentes. Do ponto de vista de praticidade isso pode ser considerado “fantástico”, porém do ponto de vista de segurança isso traz um risco enorme.

Muitas pessoas usam o Twitter para propagar informações profissionais, como artigos que publicam, etc. Quando isso ocorre seu perfil atrai pessoas que estão buscando mais informações do ponto de vista profissional, são pessoas interessadas no que você pensa profissionalmente. Muito bem, partindo do pressuposto que essa pessoa usa o Twitter para fins profissionais e usa o Facebook mais para fins de socialização com outros amigos, compartilhamento de opniões, fotos e outras informações pessoais, nota-se claramente que existem dois perfis distintos: um profissional e outro pessoal. Além disso muitas pessoas hoje em dia tem o hábito de compartilhar aonde elas estam, o que estam fazendo, comendo, assistindo, etc. Para isso muitos usam serviços de locação geográfica, como o Fourquare. Note que agora temos três perfils que não necessariamente deveriam ser compartilhados para o mesmo grupo de pessoas.

Ao integrar todos estes serviços é possível que você anuncie para seus amigos do Facebook dizendo que está saindo de férias, e imaginando que está compartilhando aquilo apenas com alguns amigos. Segundos depois esta informação já está no Twitter e o “check in” que ele fez no hotel já aparece no serviço de localização. Bem, isso é um prato cheio para pessoas com intenções maliciosas, criminosos que já usam a Internet para traçar o perfil das pessoas, o ciclo de amizades, o que elas fazem, seus hábitos e onde elas se encontram em um determinado momento. Hoje, 7 de Dezembro de 2011, uma nova matéria mostra que este perigo é real e está sendo explorado, trata-se da matéria chamada: Criminosos usam informações da internet para realizar assaltos em SP.

A matéria começa com o seguinte parágrafo:

“Animado na véspera de uma folga, um engenheiro fez o anúncio aos amigos em uma rede social. “Mandei uma mensagem dizendo: ‘Tô saindo pra viajar’, conta.”

Meus caros leitores, é preciso muito cuidado ao usar as redes sociais, você é responsável pelos seus atos. Não adianta culpar A ou B por ter sido assaltado, nimguém está forçando você a compartilhar nada, é você que faz questão de dizer aonde está. Tenha cuidado, os riscos da abertura demasiada de privacidade é caro, pode inclusive custar sua vida.

Outro ponto importante que quero citar é: use as redes sociais para algo proveitoso. Vejo muita gente incitando outras pessoas através de “brincadeiras”, ou melhor dizendo provocações. Na segunda-feira dia 5 de Dezembro, após o fim do campeonato brasileiro, a quantidade de pessoas que usaram as redes sociais para fazer provocações contra rivais foi absurda. Mais uma vez: será que vale a pena? Em um mundo onde as pessoas encontram-se em um nível elevado de stress, será que vale mesmo a pena se expor desta forma? Muitas das guerras de torcidas começou em redes sociais e se alastrou para a rua com fins trágicos. Não pense que você está isento disso ao usar as redes sociais para falar o que bem quer. Seu ciclo de amizade é amplo e muitas vezes o amigo do amigo do amigo não gostou do que você disse, capturou a tela do seu mural (com um screenshot) e distribuiu na Internet. Vale mesmo a pena ficar marcado por motivos banais? É assim que você quer dar exemplo aos seus filhos de como se comportar em uma sociedade onde a diversidade existe e deve ser respeitada?

Tudo que você fala nas redes sociais pode ser usado contra você, pense nisso antes de postar.

Stay Safe !

About these ads
This entry was posted in redes sociais, segurança. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s